Consórcio Paraná Saúde
 

Notícia

Última atualização: 10/10/2018

[10.out.2018 – 14:05]

Em matéria sobre seu trabalho de fiscalização preventiva, o Tribunal de Contas do Estado faz elucidativo relato sobre as correções decorrentes da atuação junto aos municípios paranaenses. O trabalho tem como marco a sua reestruturação, efetivada ao início deste ano, quando implantou a CAGE – Coordenadoria de Acompanhamento de Atos de Gestão. Um dos trabalhos mais relevantes por ela executado foi o Projeto de Medicamentos, com finalidade de fiscalização preventiva e concomitante dos editais de licitação publicados pelos municípios paranaenses, no atendimento da política da assistência farmacêutica.

Segundo a reportagem, este trabalho permitiu alcançar resultados altamente significativos em matéria de correção de procedimentos, aperfeiçoamento dos critérios de pesquisa de preços, adoção da metodologia recomendada e utilização de ferramentas oficiais, como Banco de Preços em Saúde, entre outros. Em consequência foram registradas reduções significativas de valores em licitações para compra de medicamentos.

A atuação do TCE-PR tem caráter pedagógico. Ao disseminar boas práticas, realizar cursos de capacitação para gestores e servidores e estimular a utilização de conceitos de ampla competitividade e da adequada pesquisa de preços, tem incentivado uma nova ótica no processo executado nos municípios e que garantem significativos avanços.

Ao final menciona a estratégia da compra centralizada de medicamentos pelo Consórcio Parana Saúde, indicando-nos em virtude da economia de escala gerada pela compra em maiores volumes.

Navegação

Mídia Social